Subaru Impreza – Ken Block

Sem palavras…

Publicado em Carros, Subaru | Etiquetas , , | Deixe o seu comentário

Vai comprar um carro usado? Confira a documentação.

Existem muitos fatores que podem nos levar à compra de um carro usado, mas devemos estar sempre atentos, pois esta compra pode esconder algumas armadilhas. Para tanto, uma medida importante que pode nos livrar de alguns problemas é conferir a documentação do carro que se pretende comprar.

Cheque a autenticidade dos documentos, conferindo placa, número do chassi, nome do proprietário, entre outros. Exija documentos originais, sempre. Veja se, no documento, constam “Alienação Fiduciária” , “Reserva de Domínio” ou, ainda, se é financiado, o que indica que ele pertence à financeira (banco ou outra instituição). A expressão “Sem Reserva” indica que não há impedimentos à transferência da propriedade do veículo.

A partir da placa, confira se o carro está licenciado em seu município. A transferência de veículos de outras cidades incorre em custos, prazos esticados e burocracia.

Compare o número do chassi – gravado perto do motor, nos vidros e na carroceria – com o do certificado do veículo. Os números e letras da gravação na chapa devem estar alinhados, com espaços regulares e contornos uniformes.

Ainda assim, é fundamental entrar em contato com o Detran de sua cidade para checar o histórico do veículo. De posse do número do Renavan e placa do carro, é possível ter acesso a eventuais multas e bloqueios de IPVA ou informações sobre alienação e roubo.

Continuar a ler

Publicado em Como comprar, Sem categoria | Etiquetas , | 4 Comentários

Motivos para você comprar um carro usado

Ilustração: Stefan

1 – Preço

Para muitos este é o principal motivo para a compra de um carro usado. Embora nos últimos anos as condições de financiamento tenham viabilizado a compra de carros novos para boa parcela da população, os preços dos carros populares no Brasil ainda estão “salgados”. E como as boas condições de financiamento também atendem aos “semi-novos”, é possível encontrar um carro usado para praticamente qualquer “bolso”.

2 – Desvalorização

Um carro popular como o Chevrolet Celta ou o Volkswagen Gol quando comprado “zero quilômetro” sofre uma desvalorização de aproximadamente 20% no primeiro ano. Já para quem compra um carro usado com dois anos de uso, se decidir vender após um ano enfrentará uma desvalorização máxima de 5% aproximadamente, sendo possível até mesmo vender o carro pelo mesmo preço que comprou (sem desvalorização).

3 – Segurança

Pelo mesmo preço de um carro popular modelo básico “zero quilômetro” é possível comprar um carro usado equipado com air bags e freios ABS. Por exemplo: pelo mesmo preço de um Fiat Pálio novo é possível levar um Honda Fit LXL 2005 com os equipamentos mencionados.

4 – Conforto

Assim como no item segurança, pelo mesmo valor de um carro novo básico é possível adquirir um usado com alto padrão de acabamento, bancos de couro, câmbio automático, faróis de neblina, trava das portas e vidros elétricos, alarme, acionamento interno da abertura da tampa do porta-malas e da tampa do tanque de combustível, entre outras coisas que nem em sonho seriam encontradas num modelo popular básico. Por exemplo: pelo mesmo preço de um Volkswagen Gol novo é possível comprar um Toyota Corolla XEi 2005 com os equipamentos mencionados.

Continuar a ler

Publicado em Como comprar | Etiquetas | 8 Comentários

Financiar o carro é fácil! Pagar, nem tanto!

Renato comenta: “Navarro, você já conhece os novos parcelamentos da Ford em até 84 meses? São sete anos para pagar o carro. Isso permite que a compra seja realizada sem entrada e as parcelas caibam (fácil) no bolso do comprador. Qual a sua opinião sobre isso? A facilidade pode permitir que pessoas como eu comprem seu primeiro carro zero. Devo entrar nessa”?

Oi Renato, fiquei sabendo dessa nova alternativa para o carro zero e fiquei atônito, boquiaberto e profundamente decepcionado. Estou sendo dramático, eu sei. Meu drama só não é maior que o das pessoas que entrarem nessa barca furada. Renato, comprar um carro zero e ter que pagá-lo durante os próximos sete anos é um péssimo negócio, sob qualquer aspecto e ponto de vista.

Um exemplo
Vamos imaginar que você esteja interessado no Ford Ka 1.0. Seu preço de tabela é R$ 21.990,00, mas você só pode dar R$ 1000,00 de entrada. Então você visita a concessionária e faz uma simulação junto ao vendedor, que lhe oferece o pagamento em 84 parcelas a um juro de 1,68% ao mês. Animado, você continua com a conversa e pede que ele calcule o valor das prestações. Ainda mais animado, o vendedor informa que cada pagamento mensal será de R$ 468,71. Baratinho né?

O carro acabará custando R$ 40.371,64 ao final dos sete anos. Estou falando de sete anos. Isso é loucura. Qual foi a última vez que você esperou sete anos para trocar de carro? Se você ainda não tem um carro, confie em mim: vai querer trocá-lo antes que este prazo termine. E não, você não fará um bom negócio se trocá-lo no meio do caminho, passando o financiamento adiante ou pegando outro carnê. Procurar justificar um mal negócio é o mesmo que dar uma desculpa chinfrim para a necessidade de realizá-lo. Pense bem.

Continuar a ler

Publicado em Como comprar | Etiquetas | 6 Comentários

O que está por trás dos juros dos financiamentos

O Jornal Nacional, da Rede Globo, divulgou há pouco tempo, uma reportagem sobre financiamento de carros usados, alertando para a cobrança de Taxa de Retorno (ou Fator R), a comissão que é exigida dos clientes pelas lojas para bonificar (ou premiar) os vendedores que fecham os contratos de crédito.

Na simulação da TV, os jornalistas pediram um financiamento de R$ 15.000 para a compra de um modelo 2006, que seriam pagos em 36 prestações. De acordo com o cálculo efetuado, ao final do plano, sem a taxa de retorno, o veículo ficaria por cerca de R$ 21.350 e, com a taxa, R$ 24.200. Ou seja, seriam R$ 2.850 a mais só de comissão, que estariam embutidos nas parcelas do crediário.

O esquema funciona do seguinte modo: o vendedor trabalha com 12 níveis de Taxa de Retorno, que varia de TR zero (a mais baixa) até TR12 (a mais alta). Cada uma delas representa uma taxa de juros e um percentual diferente de comissão que ele ganha sobre cada veículo financiado.

Continuar a ler

Publicado em Como comprar | Etiquetas , , | 4 Comentários

Dicas para evitar a compra de carros com quilometragem adulterada

Um ato muito comum para aumentar o valor de revenda do veículo e facilitar a venda é a adulteração de sua quilometragem (redução da quilometragem).

Para fugir deste golpe e evitar maiores problemas, devem ser observados os seguintes itens:

- Veículos com uma quilometragem alta possuem os pedais de embreagem, freio e acelerador gastos. Desta maneira, se o veículo possuir uma quilometragem baixa, mas esses itens estiverem gastos, existe um forte indício de adulteração da quilometragem.

- Caso o carro possua menos de 30.000 km, certifique-se de que os quatro pneus são do mesmo lote e se são os originais do veículo. Com essa quilometragem, os pneus devem estar meia vida. Caso sejam velhos ou novos, desconfie.

Continuar a ler

Publicado em Como comprar | Etiquetas , , , , | 12 Comentários

Honda Fit 2003-2008

O Blog apresenta neste post outra reportagem do site da revista Quatro Rodas. Desta vez o objetivo é apresentar o Honda Fit, que como vocês verão a seguir, pode ser a sua melhor escolha na hora de comprar um carro usado.

Amado por seus donos, o modelo agrada pelo espaço interno, baixo consumo e confiabilidade mecânica.

Como reclamar de um carro que venceu três edições da pesquisa Os Eleitos (2004 a 2006), que mede a satisfação do proprietário, e ainda foi apontado pela QUATRO RODAS como a Melhor Compra do ano em 2004 e 2005? Esse é o currículo do Honda Fit, um modelo tão adorado por seus donos que foi até difícil encontrar alguém que apontasse seus defeitos para esta reportagem. Entre as virtudes, todos destacam a confiabilidade mecânica: ele quase nunca quebra. Também não há quem que não elogie o baixo consumo – no nosso teste publicado em maio de 2003, o Fit 1.4 registrou 11,8 km/l na cidade e 15 km/l na estrada.

Continuar a ler

Publicado em Carros, Honda | Etiquetas , , , | 2 Comentários